sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Aforismos 10

-> Aristóteles, seu chato. Não meta o nariz! Faça melhor: meta o dedo no nariz!

 -> Triste, Deleuze? Aristóteles, por gentileza?

-> Em que pensa a inteligência de um deus, Aristóteles?

-> Se a morte faz parte da vida, qual é o motivo de ser o pobre diabo obrigado a casar com ela?

-> Aristóteles, temos um problema: o autodidata. Não o que se diz autodidata, mas o termo. Quem não tiver aulas contigo, mande recado por alguém sobre esse contra senso.

-> Em realidade, que sejamos livres somente para outrem, assim como todos, também o sejam.
Bjo, Rousseau.

-> Platão, veja que elegante o Rousseau, o amante da Liberdade.

-> Platão, a política e a reflexão levam até a justiça?

-> Schopenhauer, qual é o problema da vontade de Agostinho, hein?

-> Quer dizer que só porque temos dois ouvidos podemos ouvir só dois lados?

-> Sade, meu garoto. Calma, Rousseau. Eu também gosto de ti.

-> Que tal se os marxóides e bozonazis dissessem também, como eu, que de nada sabem?

-> Escola sem partido é a mesma coisa que um partido sem escola? Platão, Ari, o que me dizem?

-> Uma pessoa que fala em estocar vento é porque tem conhecimento de causa, não?

-> Se o trabalho é bom, por que existem férias?

->  A minha ignorância não é produto multinacional.

-> Rousseau, aprenda uma coisa: quando começam a nascer os dentes é que já se inicia a convenção.

-> Rousseau, tu sabe o que está a fazer com a tua vida? Esse papo de homem que nasce livre na natureza pode ser um perigo! A gente nunca mais fica sem alguém correndo atrás a lembrar de filhos. E escrever livro sobre o assunto pode ser muito pior. Muitos não entenderão.

-> Pois é, Jesus. Que povinho esse Brasil, hein? Uns imaginam serem donos teus, outros devem pensar que fui eu quem ensinou o Lula.

-> Platão e Jesus, que orgulho! Um inventou a justiça e o outro a usou com a sua invenção, as minorias. Marx ficará exultante!

-> Hannah, agradeço pela distinção, mas não posso ser seu professor. Tenho muitos jovens já com hora marcada ávidos por investigar comigo e ainda os encontros com os amigos de copo de veneno. Mas procure pelo Martin Heidegger. Ele é um professor que saberá tratá-la com a devida atenção.

-> Outra vez sonhando com viagens astronômicas, Platão? Nietzsche, repita pra ele o que disse pro Jesus que não tem outro mundo tão importante quanto o nosso.

-> Agostinho, que papo é esse de demônio? Eu disse daimon, e não demônio!

-> Pois é, Nietzsche, eu sei que sou um incômodo, mas os jovens me adoram. Como me dou bem com eles. Disseram que eu corrompo a juventude, mas como? As pessoas não nascem ignorantes? Como poderão ser corrompidas? Diga alguma coisa, Aristóteles!

-> Rousseau, querido, não venha para Atenas. Aqui não se usa máscaras, mas é pura convenção.